A autoridade de concorrência da França impôs nesta segunda-feira uma multa recorde de 1,1 bilhão de euros (US $ 1,2 bilhão) à gigante americana de tecnologia Apple por comportamento anticompetitivo com seus distribuidores de varejo independentes.

A autoridade disse que descobriu que a Apple agiu para impedir varejistas independentes na França de competir pelo preço e abusou de seu poder econômico sobre eles.

A chefe da autoridade, Isabelle de Silva, disse que foi “a multa mais severa contra uma empresa“, acima do caso de dois atacadistas da Apple na França que foram multados em quase 140 milhões de euros.

O caso começou em 2012, quando um dos revendedores premium independentes da Apple reclamou de práticas não competitivas que incluíam a falta de suprimentos em favor de suas próprias lojas.

A autoridade encontrou três áreas de comportamento anticompetitivo.

A primeira foi que a Apple e seus atacadistas concordaram em não competir entre si.

Segundo, varejistas independentes “não poderiam, sem risco, realizar promoções ou preços mais baixos, levando a um alinhamento dos preços no varejo ” , afirmou Silva.

“Por fim, a Apple explorou abusivamente a dependência econômica desses revendedores Premium e impôs condições econômicas injustas a eles, que eram piores que as da sua rede integrada de varejistas”, acrescentou. *Infobae

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.