Pouco depois de a OMS (Organização Mundial da Saúde) dizer, nesta terça-feira (24), que os Estados Unidos têm potencial para se tornarem o novo epicentro da pandemia de coronavírus, o presidente Donald Trump defendeu o fim do isolamento. Segundo ele, os americanos “querem voltar ao trabalho”.  

Pouco depois, Trump tuitou: “Nossa população quer voltar ao trabalho. Eles vão praticar o distanciamento social e tudo mais, e os idosos serão vigiados de forma protetora e amorosa. Nós podemos fazer duas coisas ao mesmo tempo. A CURA NÃO PODE SER (DE LONGE) PIOR DO QUE O PROBLEMA! O Congresso DEVE AGIR AGORA. Vamos voltar fortes!”.

Um dos sinais positivos apontados por Harris sobre os EUA foi justamente os exames mais abrangentes e os esforços adicionais para isolar os doentes e rastrear seus contatos imediatos expostos ao vírus. *Com informações do site Huffpost Brasil