Dois navios de cruzeiro pedem ajuda humanitária ao Brasil e atracam no Rio de Janeiro

Dois navios de cruzeiros internacionais solicitaram ajuda humanitária para as autoridades brasileiras e receberam autorização para atracar no Rio de Janeiro.

Após o desembarque, todos os 413 passageiros vão voltar de avião às suas cidades de origem.

Segundo a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), conforme publicado pelo jornal O Globo, os navios L’Austral e Le Boreal não tiveram permissão de outros países para fazer o procedimento, embora não exista qualquer suspeita de contaminação por coronavírus a bordo.

Com 223 passageiros e 146 tripulantes, o Le Boreal atracou nesta quarta-feira (25) no Rio, após 14 dias em alto-mar. Agora os passageiros serão liberados aos poucos e, segundo a Anvisa, todos os tripulantes deverão seguir diretamente para o aeroporto, “desde que mantidas as condições de saúde a bordo”.

Já os 190 passageiros do L’Austral desembarcaram no Rio no último domingo (22) e já voltaram para casa.

As duas embarcações vieram da Antártida e, de acordo com a agência, e boa parte dos viajantes tem mais de 60 anos.

Após fazer o abastecimento de água e alimentos, os dois navios vão seguir de volta para a França, país de origem das embarcações.

Do dia 12 ao dia 22 de março 605 pessoas de 18 nacionalidades estavam isoladas dentro de um navio de cruzeiro no Recife após um passageiro canadense de 78 anos testar positivo para o novo coronavírus. *Sputnik

Categorias:Brasil

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.