Trump diz que casas de culto são ‘essenciais’, pede sua reabertura

O presidente dos EUA, Donald Trump, disse na sexta-feira (22) que casas de adoração, incluindo igrejas, sinagogas e mesquitas, eram entidades “essenciais” e pediam sua reabertura.

“Os governadores precisam fazer a coisa certa e permitir que esses importantes locais de fé essenciais sejam abertos agora – neste fim de semana”, afirmou Trump em entrevista coletiva.

Ele também ameaçou “anular” quaisquer decisões dos governadores estaduais que tentassem manter as casas de culto fechadas.

“Alguns governadores consideram essenciais as lojas de bebidas e as clínicas de aborto”, afirmou Trump, acrescentando que “não é certo” que as igrejas permaneçam fechadas.

Segundo a Agência Telegráfica Judaica , a ligação do presidente não resultou em nenhuma mudança nos planos de reabertura, que serão ditados por conselhos de profissionais de saúde.

Nos países afetados pelo COVID-19, os serviços religiosos presenciais são rotineiramente suspensos , pois costumam ver pessoas de diferentes faixas etárias se reunindo em um espaço mais ou menos estreito.

Essa configuração mostra-se favorável ao coronavírus, resultando em clusters de infecção aparecendo no mapa. *i24News

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.