Putin até 2036 “não”

Desafiando a proibição de ajuntamentos imposta por causa da pandemia de Covid-19, algumas centenas de membros da oposição e ativistas russos foram este sábado junto ao Kremlin protestar contra as emendas constitucionais e tentar impugnar os resultados do referendo que as permitiram.

Um voto que foi “um logro fraudulento em larga escala”, segundo um dos coordenadores do movimento da oposição “Frente Esquerda”, Serguei Udaltsov.

Entre os manifestantes, o sentimento foi de “vergonha”, porque, afirmam, o que está ocorrer “é um circo”, repleto de “fraudes eleitorais”.

As alterações à Constituição russa de 1993, que entraram em vigor este sábado, abrem o caminho para Vladimir Putin ficar no poder até 2036 e reforçam os poderes do presidente. *Euronews

Categorias:Internacional, Política

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.