Mosaicos da Hagia Sophia serão cobertos com cortinas durante as orações segundo porta-voz da presidência turca

Mosaicos que mostram figuras cristãs na antiga Hagia Sophia de Istambul serão cobertos com cortinas durante as orações muçulmanas, disse neste domingo o porta-voz da presidência turca Ibrahim Kalin, enquanto os trabalhos para preparar o prédio para uso como uma mesquita continuam.

As autoridades disseram na semana passada que os mosaicos seriam escondidos com cortinas ou lasers quando as primeiras orações forem realizadas na próxima sexta-feira.

Em um movimento que provocou críticas e preocupações internacionais, o presidente Tayyip Erdogan declarou Hagia Sophia aberta ao culto muçulmano no início deste mês, após uma decisão judicial que disse que a conversão do edifício em um museu em 1934 era ilegal.

Hagia Sophia remonta ao século VI e tem uma história como igreja e mesquita antes de ser transformada em museu.

Em entrevista à emissora NTV, Kalin disse que alguns mosaicos de Maria e Gabriel, posicionados na direção de Qiblah, onde os muçulmanos se posicionam durante a oração, seriam cobertos com cortinas.

Ele disse que outros mosaicos de Jesus e outras figuras cristãs não representam um obstáculo para as orações muçulmanas porque elas não estão localizadas na direção de Qiblah. Mas não disse se elas permaneceriam descobertas o tempo todo.

Fora das orações, Hagia Sophia estará aberta a todos os visitantes e turistas e todos os mosaicos serão descobertos, disseram as autoridades.

Erdogan visitou a mesquita no início do domingo para inspecionar o progresso na preparação do prédio.

-ISTAMBUL (Reuters) –