Taiwan diz que China está por trás de ciberataques contra agências governamentais

Taiwan disse na quarta-feira que grupos de hackers ligados ao governo chinês atacaram pelo menos 10 agências governamentais e cerca de 6.000 contas de e-mail de funcionários do governo em uma “infiltração” para roubar dados importantes.

Taiwan democrática tem instado seu povo a ficar alerta para o que as autoridades chamam de “infiltração onipresente” da China, envolvendo desde campanhas na mídia apoiadas por Pequim até ataques cibernéticos, contra a ilha que a China considera seu território.

Entre os que foram atacados e infiltrados por dois grupos de hackers chineses estavam pelo menos quatro empresas de tecnologia de Taiwan que forneciam serviços de informação ao governo, disse o escritório. O Escritório de Assuntos de Taiwan da China não respondeu a um pedido de comentário. O governo chinês nega rotineiramente o envolvimento em hackers e diz que pune aqueles que o fazem.

(Reuters)