Médicos russos autorizam transferência de Alexei Navalny para Alemanha

Os médicos que trataram do líder da oposição russa, Alexei Navalny, em uma Unidade de Tratamento Intensivo (UTI) de um hospital da Sibéria, autorizaram nesta sexta-feira (21) sua transferência para a Alemanha, a pedido de sua família.

“O estado do paciente está estável e tendo em conta o pedido da família para autorizar sua transferência, decidimos neste momento que não nos opomos à sua transferência para o centro hospitalar indicado por seus parentes”, disse Anatoly Kalinichenko, vice-diretor do Hospital de Emergências nº 1 de Omsk, à imprensa local.

Na quinta-feira à noite, a organização de direitos humanos alemã Fundação Cinema pela Paz informou que uma ambulância aérea seria enviada para a Rússia com especialistas e equipamentos médicos necessários para buscar o opositor e levá-lo à capital alemã.

Segundo a emissora alemã Deutsche Welle, a mulher de Navalny, Yulia Navalnaya, afirmou a repórteres que a equipe do hospital de Omsk e homens que ela suspeita serem agentes da lei não a deixaram falar com os médicos alemães, que, segundo ela, foram levados em segredo ao prédio, pela porta dos fundos.

Navalny, um advogado e ativista anticorrupção, foi preso várias vezes nos últimos anos por organizar protestos não autorizados contra o Kremlin, e chegou a ser atacado fisicamente na rua por ativistas pró-governo. Ele ajudou nas investigações sobre o que denuncia como casos ultrajantes de corrupção governamental no país.

Categorias:Internacional

Marcado como:,

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.