General Heleno rebate as graves acusações do ministro Barroso contra o presidente Bolsonaro

O ministro do Gabinete de Segurança Institucional (GSI), general Augusto Heleno, rebateu na manhã desta quinta-feira (27), as acusações feitas ontem pelo ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Luís Roberto Barroso, ao presidente Bolsonaro, durante live na Fundação Fernando Henrique Cardoso.

Barroso disse, durante um webinário, que “a democracia vem sendo atacada pelo presidente, mas segue resiliente”, além de o Brasil ter um “presidente que defende a ditadura e a tortura, e ninguém defendeu solução diferente do respeito à liberdade de expressão”.

A fala do ministro Barroso repercutiu como algo de extrema gravidade, visto que o mesmo fez uma acusação direta contra o chefe do Executivo. Para Heleno, no entanto, o governo não vai “encarar como provocação”.

“A gente lamenta uma declaração e não vamos encarar como provocação. A ideia é manter harmonia entre os poderes. Mas não adianta uma parte do país querer derrubar o presidente”, afirmou Heleno em entrevista à rádio Bandeirantes.

O site O Dia destaca a reação do general Heleno: “O presidente foi eleito de forma limpa. Qualquer tentativa de desilustrar essa eleição é tentativa de derrubar o presidente. É uma pretensão descabida. Tirem isso da cabeça”, completou.

Categorias:Sem categoria

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.