China expulsa navio de guerra dos EUA de arquipélago sob seu controle

As autoridades em Pequim disseram, nesta sexta-feira (28), que forçaram um navio de guerra dos Estados Unidos, a deixar a área do arquipélago de Paracel, no Mar do Sul da China, após o disparo de mísseis chineses na área.

Este incidente ocorre em um contexto de fortes tensões entre Pequim e Washington sobre vários temas, como a situação das liberdades em Hong Kong, a empresa de tecnologia Huawei, ou questões humanitárias, entre outros.

O destróier americano “penetrou sem autorização” na quinta-feira as águas do arquipélago de Paracel, disse Li Huamin, um porta-voz militar chinês, em um comunicado.

“Forças navais e aéreas foram destacadas para seguir, monitorar, verificar, identificar e levar o navio a deixar a área”, acrescentou.

Na sexta-feira, a presença deste navio de guerra foi confirmada pela Frota do Pacífico dos EUA, que explicou que o navio queria “garantir que as vias navegáveis essenciais permaneçam livres e abertas”.

As Ilhas Paracel estão localizadas a uma mesma distância da costa chinesa e da vietnamita e são um território disputado pelos dois países. Após um conflito naval, porém, a Marinha chinesa assumiu o controle da área em 1974.

Washington envia regularmente navios de guerra para essa região, para conduzir o que as autoridades americanas chamam de “operações de liberdade de navegação”. *AFP

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.