ONU adverte China sobre riscos da lei de segurança nacional em Hong Kong

Muitos países ocidentais, liderados pelos Estados Unidos, condenaram a nova legislação de segurança nacional, e como retaliação Washington revogou o estatuto comercial preferencial concedido à antiga colônia britânica.

Os Estados Unidos também restringiu a concessão de vistos a funcionários chineses acusados de “questionar” a autonomia do território e impediu a venda de equipamento de defesa a Hong Kong.

Relatores da ONU, numa carta datada de 01 de setembro, acusam Pequim de que “as medidas adotadas apresentam um risco grave de que estas liberdades fundamentais sejam violadas”, e que acusa Pequim de não respeitar suas obrigações internacionais,

A lei da segurança nacional ameaça particularmente a “liberdade de pensamento, expressão e reunião”, alertaram os relatores, dando ainda a entender que se “criminaliza particularmente a liberdade de expressar qualquer crítica sobre a China”, destaca a AFP

Categorias:Mundo

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.