Redes de telecomunicações rurais nos EUA precisam de US$ 1,8 bilhão para remover equipamentos chineses

Redes de telecomunicações rurais dos EUA, que contam com equipamentos da Huawei Technologies e da ZTE Corp da China custariam US$ 1,837 bilhão ao governo para serem substituídos.

Em junho, a FCC designou formalmente a Huawei e a ZTE como ameaças à segurança nacional dos EUA, uma declaração que proíbe as empresas americanas de recorrer a um fundo governamental de US$ 8,3 bilhões para comprar equipamentos dessas empresas.

A FCC disse acreditar que as operadoras teriam direito a reembolsos de cerca de US $ 1,62 bilhão. Foram identificadas mais de 50 empresas de telecomunicações menores com equipamentos ZTE ou Huawei ou usando serviços das empresas, bem como algumas empresas maiores como CenturyLink e Verizon Communications.

A Verizon disse que suas redes não incluem equipamentos da Huawei ou ZTE, mas tem um pequeno número de aparelhos, chamados VoiceLink, feitos pela Huawei, que alguns clientes usam para fazer chamadas de voz. A Verizon disse que espera retirar todos os dispositivos VoiceLink este ano.

A CenturyLink disse que “o equipamento legado em questão não pode ser usado para rotear ou redirecionar o tráfego do usuário” e não está coberto pelas restrições estabelecidas pelo Congresso. A empresa acrescentou que “vem removendo e substituindo ativamente equipamentos e continua trabalhando com os legisladores federais para acelerar o processo”.

(Reuters)