O hipopótamo mais velho da Tailândia comemora aniversário com frutas e música

Mae Mali, que significa “Mãe Jasmim” em tailandês, que se mudou de um zoológico em Bangcoc para um complexo no Khao Kheow Open Zoo, no leste da Tailândia, e já sobreviveu à expectativa de vida típica de um hipopótamo que é de cerca de 40 a 50 anos.

Os descendentes de Mae Mali agora somam 21 hipopótamos que residem em zoológicos em todo o país do sudeste asiático. Na natureza, o hipopótamo vive em rios e lagos na África Subsaariana e a perda de habitat significa que agora é considerado vulnerável.

Nas Filipinas, Bertha, considerado o hipopótamo mais velho em cativeiro na época, morreu em 2017, aos 65 anos.

Outro hipopótamo, Lúcifer, ou “Lu”, teria celebrado seu 60º aniversário em um parque de vida selvagem no estado americano da Flórida em janeiro deste ano. Com adultos pesando de 1.500 kg a 3.200 kg, o hipopótamo é o segundo animal terrestre mais pesado depois do elefante, passando o calor do dia na água e vindo à praia à noite para se alimentar de gramíneas e frutas.

O World Wildlife Fund estima que existam cerca de 115.000 a 130.000 na natureza.

(Reuters)