China prefere ver TikTok dos Estados Unidos fechar do que uma venda forçada

Pequim se opõe a uma venda forçada das operações da TikTok nos Estados Unidos por seu proprietário chinês ByteDance, e prefere o aplicativo encerrado nos Estados Unidos, disseram três pessoas com conhecimento direto do assunto na sexta-feira.

Trump deu ao ByteDance um prazo de meados de setembro para finalizar um acordo.

No entanto, as autoridades chinesas acreditam que uma venda forçada faria com que ByteDance e China parecessem fracos diante da pressão de Washington, disseram as fontes, falando sob condição de anonimato, dada a sensibilidade da situação.

O ByteDance disse em um comunicado à Reuters que o governo chinês nunca sugeriu que fechasse a TikTok nos Estados Unidos ou em qualquer outro mercado.

Duas das fontes disseram que a China está disposta a usar as revisões feitas em uma lista de exportações de tecnologia em 28 de agosto para atrasar qualquer acordo fechado pela ByteDance, se for necessário.

O Escritório de Informações do Conselho de Estado da China e seus ministérios de comércio exterior e comércio não responderam imediatamente aos pedidos de comentários.

(Reuters)

Categorias:Política, Tecnologia

Marcado como:,