Executivos chineses recebem injeções ‘pré-teste’ na corrida da vacina

Na corrida global para produzir uma vacina contra o novo coronavírus, a SinoPharm, farmacêutica estatal chinesa submeteu os próprios funcionários, entre eles executivos da empresa, a doses experimentais de uma vacina cujos testes em humanos ainda não haviam sido autorizados pelo governo.

Segundo um post publicado pela SinoPharm, “30 voluntários especiais” receberam as doses antes de a empresa obter permissão para o estudo inicial. O texto cita o “espírito de sacrifício” deles e traz uma foto de sete homens de terno e gravata, que seriam os funcionários da estatal.

Post publicado pela farmacêutica chinesa SinoPharm com fotos que seriam dos funcionários que experimentaram a vacian em fase de pré-teste - Associated Press/Ng Han Guan

Tanto a China quanto a SinoPharm investiram pesadamente em uma tecnologia testada e comprovada – uma vacina “inativada” feita cultivando todo o vírus em um laboratório e depois matando-o, que é como as vacinas contra a poliomielite são feitas. Os principais concorrentes ocidentais usam tecnologia mais recente e menos comprovada para direcionar a proteína de “pico” que reveste o vírus. *Com informações da Associated Press

Categorias:Internacional

Marcado como:

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.