Os Estados Unidos impõem novas sanções contra Nicolás Maduro e Irã

Os Estados Unidos disseram nesta segunda-feira que estavam impondo sanções ao Ministério da Defesa do Irã e Nicolás Maduro sob uma autoridade da ONU que é amplamente questionada.

“Por quase dois anos, funcionários corruptos em Teerã trabalharam com o regime ilegítimo da Venezuela para contornar o embargo de armas da ONU”, disse o secretário de Estado Mike Pompeo a repórteres.

“Nossas ações hoje são um aviso que deve ser ouvido em todo o mundo”.

Pompeo disse que o presidente Donald Trump emitiu uma ordem executiva “que é uma nova ferramenta poderosa para fazer cumprir o embargo de armas da ONU”, informou a AFP.

O secretário do Tesouro, Steven Mnuchin, aparecendo com Pompeo, também anunciou sanções separadas para a Organização de Energia Atômica do Irã.

O governo Trump argumenta que está aplicando um embargo de armas da ONU que o Irã violou, inclusive por meio de um ataque às instalações de petróleo sauditas.

Mas ele está usando uma resolução da ONU que abençoou um acordo nuclear de 2015 com o Irã intermediado pelo ex-presidente Barack Obama.

Trump se retirou da resolução com grande alarde em 2018, mas argumenta que os Estados Unidos continuam sendo um “participante” do acordo, como estava contido na resolução de 2015.

O argumento legal foi rejeitado por praticamente todas as nações do Conselho de Segurança da ONU, incluindo aliados dos EUA. *NTN24

Categorias:Mundo

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.