Joshua Wong, ativista pela democracia de Hong Kong, preso por reunião ilegal em 2019

A polícia de Hong Kong prendeu na quinta-feira o proeminente ativista pela democracia Joshua Wong por participar de uma assembleia não autorizada em outubro de 2019 e violar a lei anti-máscara da cidade, de acordo com uma postagem em sua conta oficial no Twitter.

A Grã-Bretanha, que administrou Hong Kong até a transferência para a China em 1997, cujos termos foram acordados em uma declaração conjunta entre Londres e Pequim, expressou preocupação com a prisão de Wong.

“Estou profundamente preocupado com a prisão de Joshua Wong, outro exemplo de autoridades de HK visando ativistas. As autoridades chinesas e de HK devem respeitar os direitos e liberdades do povo de Hong Kong, conforme protegidos na Declaração Conjunta” disse o secretário de Relações Exteriores Dominic Raab em um tweet.

(Reuters)

Categorias:Mundo, Política

Marcado como:,