Retrato raro de Botticelli pode chegar a US$100 mi em leilão

Um retrato raro de Botticelli pode entrar para o clube de arte de 100 milhões de dólares quando for leiloado em Nova York, disse a Sotheby’s nesta quinta-feira.

O quadro “Young Man Holding a Roundel” do artista renascentista é um de cerca de uma dúzia de seus retratos conhecidos. A obra do século 15, que também ficou conhecida como “Young Man Holding a Medallion”, deve ser vendida por mais de 80 milhões de dólares na Sotheby’s Old Masters em janeiro em Nova York, sendo que a casa de leilões disse que pode ser vendida por mais de 100 milhões de dólares.

Menos de 20 obras de arte foram vendidas em leilão por mais de 100 milhões de dólares. A última foi “Meules”, de Claude Monet, que foi vendida em maio de 2019 por 110 milhões de dólares, marcando um recorde de obra impressionista.

O recorde mundial para leilão de qualquer pintura foi estabelecido em 2017 com os 450 milhões de dólares para “Salvator Mundi”, atribuída a Leonardo da Vinci.

(Reuters)

Categorias:Educação e Cultura

Marcado como:,