Cineasta portuguesa premiada no Festival de San Sebastián

A portuguesa Catarina Vasconcelos venceu o prêmio Zabaltegi-Tabakalera, para o melhor filme de um novo olhar por trás da câmara, no Festival de Cinema de San Sebastián, em Espanha.

A cineasta de 34 anos foi reconhecida pelo filme “A Metamorfose dos Pássaros”, a sua primeira longa-metragem, que já havia sido premiada na Berlinale, no Indie Lisboa, na Lituânia, em Taiwan e no Kosovo.

“Receber um prêmio como este deixa-me muito feliz. É algo de que não estava de todo à espera num festival como San Sebastián. Tenho de agradecer a toda a equipe e família que fizeram com que este filme fosse possível, porque fazer filmes em Portugal continua a ser uma enorme luta para todo um setor. Fico muito comovida com o fato desta ‘Metamorfose dos Pássaros’ ter chegado assim a Espanha”, disse Catarina Vasconcelos, num comunicado distribuído pela Portugal Film, uma agência de promoção internacional do cinema português.

A edição deste ano do festival de San Sebastián acabou por consagrar uma produção da Geórgia. “Beginning” (“O Princípio”, em tradução livre e ainda sem estreia prevista em Portugal) recebeu a Concha de Ouro para melhor filme; a realizadora Dea Kulumbegashvili recebeu a Concha de Prata para a melhor direção e Ia Sukhitashvili a de melhor atriz. Kulumbegashvili foi ainda distinguida com o prêmio de melhor argumento pelo júri, este ano presidido pelo italiano Luca Guadagnino.

A Concha de Prata de melhor ator premiou o quarteto de protagonistas de “Another Round” (“Outra Rodada”, também em tradução livre e igualmente sem estreia prevista em Portugal). Mads Mikkelsen, Thomas Bo Larsen, Magnus Millang e Lars Ranthe são as estrelas do cartaz desta produção dinamarquesa sobre a relação de quatro professores através do álcool.

O prêmio do júri para a melhor fotografia foi entregue a Yuta Tsukinaga, pelo trabalho em “Any Crybabies Around?” (“Algum bebé chorão por perto?”), uma produção japonesa, com estreia mundial neste festival ainda sem datas para distribuição internacional pelas salas de cinema.

O filme “Crock of Gold: a Few Rounds with Shane McGowan”, uma celebração da carreira do vocalista dos The Pogues produzida por Johnny Depp e realizada por Julian Temple, recebeu o prêmio especial do júri. *Euronews

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.