Descoberta do vírus da hepatite C motiva Nobel da Medicina

O Nobel da Medicina deste ano foi atribuído a três virologistas: o britânico Michael Houghton e os americanos Harvey Alter e Charles Rice. Os três cientistas descobriram o vírus responsável pela hepatite C.

O comité sueco declarou que os passos dados têm ajudado a “salvar milhões de vidas”. É o primeiro prémio desde 2008 a distinguir avanços relacionados com o estudo de vírus, fato que não pode passar despercebido em plena pandemia.

Segundo a Organização Mundial de Saúde, todos os anos verificam-se cerca de 70 milhões de casos de infeção por hepatite C, que resultam em mais de 400 mil mortes. As descobertas dos galardoados aumentaram radicalmente a eficácia dos tratamentos disponíveis que ainda têm, no entanto, custos elevados. (Euronews)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.