Policial no Chile acusado de jogar adolescente de ponte

Autoridades do Chile prenderam um policial que supostamente jogou um adolescente de uma ponte em um leito de rio durante um protesto.

O garoto de 16 anos estava em condições estáveis com traumatismo craniano e fratura no pulso após o incidente em Santiago, capital do Chile, na sexta-feira. Dezenas de pessoas protestaram no sábado do lado de fora da clínica onde ele está sendo tratado, condenando a polícia e carregando cartazes que diziam: “Ele não caiu, eles o jogaram”.

O incidente levantou mais preocupações sobre a conduta da polícia desde que protestos sobre uma ampla gama de problemas sociais e econômicos eclodiram no Chile há um ano. Cerca de 31 pessoas morreram na agitação e inúmeras alegações de violações dos direitos humanos foram apresentadas contra a polícia.

No entanto, Enrique Monrás, chefe de polícia na área oeste de Santiago, disse que o jovem perdeu o equilíbrio e caiu sobre a grade da ponte depois que a polícia tentou prendê-lo. Ambulâncias foram convocadas para que pudessem prestar assistência imediata, disse Monrás.

(AP)

Categorias:Américas

Marcado como: