UE corre o risco de perder metas de reciclagem de plástico

A União Europeia enfrenta um problema crescente de resíduos e corre o risco de perder suas metas de reciclagem de plástico para 2025 e 2030, uma vez que regras de exportação mais rigorosas serão implementadas no próximo ano, alertou o auditor independente do bloco na terça-feira.

Embora a Comissão Europeia tenha prometido priorizar a luta contra as mudanças climáticas, os países da UE ainda incineram mais do que reciclam, liberando grandes quantidades de dióxido de carbono e outros poluentes no processo. Samo Jereb, auditor responsável pela revisão, disse que reverter essa tendência é um “desafio assustador”, especialmente em meio à crise do coronavírus.

Cerca de um terço das embalagens plásticas recicladas pela UE é atualmente tratada fora do bloco. Mas a partir do ano que vem, a maioria dos carregamentos de embalagens plásticas será assimilada a resíduos perigosos e será proibida. “Isso, combinado com a falta de capacidade para tratar resíduos de embalagens plásticas dentro da UE, aumenta o risco de que seja descartado ilegalmente dentro das fronteiras da UE e quando enviado para países terceiros”, escreveram os auditores.

(AP)

Categorias:Europa, Meio ambiente

Marcado como:,