UE diz que Brexit sem acordo se torna cada vez mais provável

Um alto funcionário da União Europeia que lida com o Reino Unido disse nesta terça-feira que uma ruptura entre os dois sem sequer um acordo comercial básico até o final do ano está se tornando mais provável a cada dia.

O vice-presidente da Comissão Europeia, Maros Sefcovic, disse ao Parlamento Europeu que “o tempo é curto” para chegar a um acordo antes que um período de transição do divórcio do Brexit termine até o final do ano, dando efetivamente aos negociadores menos de quatro semanas para intermediar um acordo que deve, posteriormente, passar por um longo processo de aprovação.

E apontou o dedo para o primeiro-ministro britânico Boris Johnson por dificultar ainda mais as coisas quando decidiu no mês passado apresentar um projeto de lei que viola o Acordo de Retirada que fez com o bloco para garantir que pudesse sair em 31 de janeiro.

Ele disse que os planos deixaram a UE sem escolha a não ser iniciar uma ação legal contra a Grã-Bretanha. Se aprovada em lei, o Projeto de Lei do Mercado Interno prejudicaria a supervisão previamente acordada da UE sobre o comércio com a Irlanda do Norte, que faz parte do Reino Unido e compartilha uma fronteira como membro da UE.

Mas, embora os negociadores tenham se aproximado de um acordo em muitas áreas durante seis meses de negociações, eles permanecem no impasse sobre o acesso dos barcos de pesca europeus às águas do Reino Unido, e sobre o nível de apoio que os governos podem dar à indústria. A UE teme que os planos britânicos de subsidiar setores como a tecnologia equivalem a uma concorrência desleal.

(AP)

Categorias:Europa

Marcado como: