Itália impõe uso de máscara enquanto casos de coronavírus voltam a aumentar

A Itália impôs um mandato nacional de usos de máscaras ao ar livre na quarta-feira com multas de até 1.000 euros (US$ 1.163) para os infratores, enquanto o país europeu tenta evitar que novos casos saiam de controle novamente.

O governo aprovou o decreto, embora a taxa global de infecção per capita da Itália esteja entre as mais baixas da Europa. Mas o primeiro-ministro Giuseppe Conte alertou que um aumento constante de nove semanas de infecções em todo o país exigiu novas medidas preventivas para evitar fechamentos e paralisações economicamente devastadores.

O decreto foi aprovado no mesmo dia em que a Itália teve mais 3.678 novas infecções e 31 mortes ao seu número oficial de coronavírus, o maior aumento de novos casos desde o pico do surto em abril. Tanto a Lombardia quanto o sul da Campânia aumentaram em mais de 500 casos cada.

Embora a Organização Mundial da Saúde não recomende especificamente máscaras ao ar livre para a população em geral, a tendência na Itália, particularmente porque novos casos foram identificados em regiões do sul que escaparam em grande parte da primeira onda de infecção.

Assim, a Itália está se juntando à Espanha, Turquia, Macedônia do Norte, Índia e outros países asiáticos na imposição de mandato nacional de máscaras ao ar livre. A Espanha tem essa exigência em vigor desde meados de maio e a Turquia desde o mês passado.

(AP)

Categorias:Europa

Marcado como:, ,