Paquistão proíbe TikTok por conteúdo ilegal

O Paquistão bloqueou o aplicativo de mídia social chinês TikTok, dizendo que a empresa não cumpriu totalmente as instruções para desenvolver um mecanismo eficaz de controle de conteúdo ilegal.

Em um comunicado, a Autoridade de Telecomunicações do Paquistão disse na sexta-feira que tomou a medida após receber reclamações contra conteúdo “imoral e indecente” na plataforma de compartilhamento de vídeo. A PTA disse que tendo em vista as reclamações e a natureza do conteúdo consistentemente publicado no TikTok, a empresa recebeu um aviso final e recebeu um tempo considerável para responder e cumprir as instruções e orientações. Mas o TikTok “falhou em cumprir totalmente as instruções do PTA”, após o que a autoridade decidiu bani-lo no Paquistão.

A celebridade paquistanesa do TikTok Hareem Shah, que tem mais de quatro milhões de seguidores no aplicativo, disse que as razões do governo para a proibição da popular plataforma chinesa de compartilhamento de vídeos são “infundadas”. “Essa conversa de ser uma plataforma para ‘conteúdo indecente / imoral’ é completamente infundada”, disse ela em entrevista à imprensa na cidade de Karachi.

O aplicativo foi banido anteriormente pela Índia e pelos Estados Unidos por violar as diretrizes.

(AP)

Categorias:Tecnologia