Polônia: especialistas iniciam desativação de bomba da Segunda Guerra Mundial

Uma equipe de mergulhadores militares polacos inicia, esta segunda-feira (12), uma delicada operação de cinco dias para desativar uma bomba datada da Segunda Guerra Mundial, descoberta no fundo de um canal próximo ao Mar Báltico.

O dispositivo que pesa cinco toneladas, apelidado de “Tallboy” e também conhecido como “bomba terremoto”, foi lançado pela Força Aérea Real num ataque a um navio de guerra nazi, em 1945.

Foi descoberto no ano passado, durante uma dragagem perto da cidade portuária de Swinoujscie – anteriormente Swinemunde, uma parte da Alemanha – no extremo noroeste da Polónia.

“É uma estreia mundial. Nunca ninguém neutralizou um Tallboy tão bem preservado e submerso”, disse à AFP Grzegorz Lewandowski, porta-voz da Defesa Costeira da Marinha polaca, com base em Swinoujscie.

Por questões de segurança, cerca de 750 residentes que vivem num raio de 2,5 quilômetros da “bomba terremoto” receberam ordens de evacuação das suas casas. No entanto, alguns destes habitantes disseram à AFP que permaneceriam onde estavam.

A circulação marítima no canal de navegação e nas hidrovias circunscritas ficará suspensa numa área de 16 quilómetros ao redor da operação de desarmamento.

“Os primeiros dois ou três dias serão preparativos. Os nossos mergulhadores vão raspar o redor da bomba, que está embutida no fundo do canal a uma profundidade de 12 metros. Só o nariz está de fora”, disse Lewandowski.

“É um trabalho muito delicado. A mais pequena vibração pode detonar a bomba”, disse o porta-voz da Marinha polaca, ressaltando que a opção de uma explosão controlada foi descartada por medo de destruir uma ponte a cerca de 500 metros de distância do local.

Os mergulhadores vão avançar com uma técnica conhecida como deflagração para queimar a carga explosiva sem causar uma detonação, usando um dispositivo controlado remotamente para perfurar o casco e iniciar a combustão.

A bomba tem seis metros de comprimento e 2,4 toneladas de explosivos, o equivalente a cerca de 3,6 toneladas de TNT.

“Tallboys” foram projetados para explodir no subsolo próximo dos alvos, provocando ondas de choque altamente destrutivas. (Agência SAPO)

Categorias:Europa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.