Vaticano leva 2 padres à julgamento por acusação de abuso

Dois padres vão a julgamento no tribunal criminal do Vaticano nesta semana, um acusado de abusar sexualmente de um coroinha que serviu em missas papais na Basílica de São Pedro, e o outro acusado de encobri-lo.

O julgamento, confirmado na segunda-feira pela assessoria de imprensa da Santa Sé, marca a primeira vez que o Vaticano processou criminalmente um caso de abuso sexual que supostamente ocorreu dentro de suas dependências. O processo que começou na quinta-feira, causou embaraço a Santa Sé depois que as vítimas e um denunciante foram tornados públicos em 2017. Suas histórias minaram as promessas do Papa Francisco de “tolerância zero” para casos de abuso porque os supostos crimes ocorreram em suas próprias dependências e ficaram impunes por anos.

O escândalo é particularmente grave porque as alegações de abuso eram conhecidas desde pelo menos 2012, mas foram encobertas durante anos pelo Vaticano e pela diocese de Como, até serem expostas pelos jornalistas italianos Gaetano Pecoraro e Gianluigi Nuzzi em 2017.

(AP)

Categorias:Mundo

Marcado como:

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.