Pacote de alimentos congelados contaminados com coronavírus pode causar infecção, diz China

A autoridade de controle de doenças da China disse neste sábado que o contato com embalagens congeladas contaminadas por novos coronavírus vivos poderia causar infecção.

A conclusão veio quando o Centro Chinês de Controle e Prevenção de Doenças (CDC) detectou e isolou coronavírus vivo na embalagem externa de bacalhau congelado durante os esforços para rastrear o vírus em um surto relatado na semana passada na cidade de Qingdao, informou a agência em seu site.

A descoberta, pela primeira vez no mundo, sugere que é possível que o vírus seja transmitido por longas distâncias através de produtos congelados. Dois trabalhadores portuários em Qingdao que foram inicialmente diagnosticados como infecções assintomáticas em setembro devido à desinfecção e proteção insuficientes, levando a outras 12 infecções, disseram as autoridades na semana passada.

No entanto, o órgão não apresentou provas sólidas de que os dois trabalhadores em Qingdao pegaram o vírus diretamente da embalagem, em vez de contrair o vírus de outro lugar e, em seguida, contaminar a embalagem de alimentos que eles manusearam, disse Jin Dong-Yan, professor de virologia da Universidade de Hong Kong.

O órgão chinês disse que não foi encontrado nenhum caso de qualquer consumidor contraindo o vírus por ter contato com alimentos congelados e o risco de isso acontecer permanece muito baixo.

No entanto, aconselhou que os trabalhadores que manuseiam, processam e vendem produtos congelados devem evitar o contato direto da pele com produtos que poderiam ser contaminados.

(AFP)

Categorias:Curiosidades, Mundo

Marcado como:, , ,