Espanha ordena toque de recolher em todo o país para conter o agravamento de surto

Pressionado pelo ressurgimento do coronavírus na Europa, o governo espanhol declarou neste domingo um estado de emergência nacional que inclui um toque de recolher durante a noite na esperança de não repetir o quase colapso dos hospitais do país.

O primeiro-ministro Pedro Sánchez disse que a decisão de restringir a livre circulação nas ruas da Espanha entre 23h e 6h permite exceções para o deslocamento para o trabalho, a compra de medicamentos e o cuidado de idosos e jovens membros da família. Ele disse que o toque de recolher entra em vigor domingo à noite e provavelmente permaneceria por seis meses.

O toque de recolher não se aplica às Ilhas Canárias da Espanha, que foram recentemente removidas da lista de destinos de viagem inseguros da Grã-Bretanha e da Alemanha devido à trajetória favorável do vírus no arquipélago.

Com o toque de recolher continental, a Espanha segue o exemplo da vizinha França, onde o governo ordenou um toque de recolher das 21h às 6h para as principais cidades e grandes faixas do país esta semana.

As autoridades de saúde têm como alvo a vida noturna e a festa como algumas das principais fontes para o último reavivamento de infecções.

Sánchez disse que pedirá à câmara baixa do Parlamento esta semana para estender o estado de emergência até maio. Como dito na Constituição, um estado de emergência não pode durar mais do que duas semanas sem o aval do Congresso dos Deputados.

(AP)

Categorias:Europa, Mundo

Marcado como:, , ,