Filipinas evacua quase 1 milhão com a aproximação do tufão de 2020 mais forte do mundo

Autoridades evacuaram quase um milhão de residentes na parte sul da ilha principal de Luzon, nas Filipinas, enquanto uma tempestade de categoria 5 – a mais forte do mundo este ano – atinge a costa no domingo.

O tufão Goni, com ventos sustentados de 215 km / h (133 milhas) e rajadas de até 265 km / h (164 mph), trará ventos violentos e chuvas fortes, disseram autoridades do clima e do desastre.

É um dos tufões mais fortes a atingir as Filipinas desde o Haiyan, que matou mais de 6.300 pessoas em 2013.

“Estamos passando por um momento difícil com o COVID-19 e aí vem outro desastre”, disse o senador Christopher Go, assessor do presidente Rodrigo Duterte, em entrevista coletiva virtual.

Os executivos locais devem garantir que o vírus não se espalhe nos centros de evacuação, disse ele.

As autoridades começaram a evacuações preventivas, com a província de Albay trazendo 794 mil residentes para um local seguro, disse Ricardo Jalad, diretor executivo da agência nacional de desastres, em entrevista coletiva.

Na capital Manila e nas proximidades da província de Bulacan, cerca de 1.000 pacientes COVID-19 alojados em grandes tendas de isolamento poderiam ser transferidos para hotéis e hospitais, disse Jalad.

As Filipinas têm o segundo maior número de infecções e mortes por COVID-19 no Sudeste Asiático, atrás apenas da Indonésia, com 380.729 casos e 7.221 mortes.

O tufão Molave ​​matou na semana passada 22 pessoas, a maioria por afogamento nas províncias ao sul de Manila, que também está no caminho projetado de Goni, a 18ª tempestade tropical no país.

A ilha principal de Luzon responde por mais de dois terços da economia, que entrou em recessão no segundo trimestre, e metade da população de mais de 108 milhões.

Bens de socorro, maquinário pesado e equipamentos de proteção individual já estão posicionados em áreas-chave, disse a filipina Grace America, prefeito da cidade de Infanta, na província de Quezon, à rádio DZBB. “Mas, por causa da pandemia de COVID-19, nossos fundos para preocupações e despesas com calamidades são insuficientes.”

As autoridades locais cancelaram as operações portuárias e proibiram os pescadores de zarpar. As companhias aéreas cancelaram dezenas de voos.

O tufão Goni, movendo-se para o oeste a 25 km / h (15,5 mph) do Oceano Pacífico, trará chuvas intensas sobre a capital e 21 províncias adjacentes na manhã de domingo, e ameaças de inundações e deslizamentos de terra.

Outro tufão, o Atsani, com ventos sustentados de 55 km / h e rajadas de até 70 km / h, está ganhando força nos arredores das Filipinas.

Uma média de 20 tufões, trazendo fortes chuvas que provocam deslizamentos de terra mortais, atingem as Filipinas anualmente.

 (Reuters) 

Categorias:Mundo

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.