Legisladores de Hong Kong são presos por interrupção do legislativo

A polícia de Hong Kong prendeu sete pessoas no domingo por brigas no Legislativo da cidade durante um confronto entre legisladores pró-democracia e pró-Pequim no início deste ano.

Os presos incluem legisladores atuais e antigos de oposição, de acordo com seus partidos políticos e relatos da mídia.

Um comunicado da polícia disse que seis homens e uma mulher foram detidos por suspeita de desacato e interferência contra membros do Legislativo. O comunicado diz que as prisões são parte de uma investigação sobre a reunião do comitê de 8 de maio na qual legisladores pró-democracia correram em direção ao assento do presidente enquato seguranças tiveram que intervir.

Os guardas prenderam vários legisladores pró-democracia, incluindo Eddie Chu e Ray Chan, depois de terem sido ordenados a sair por conduta desordeira. Ambos renunciaram em 30 de setembro.

Chan disse no Twitter que foi preso às 7 da manhã de domingo, e a mídia de Hong Kong disse que Chu também havia sido preso.

O Partido Democrata disse em sua página no Facebook que três de seus membros legislativos haviam sido presos, incluindo o presidente do partido Wu Chi-wai.

O incidente de 8 de maio foi o primeiro de uma série de brigas sobre um projeto de lei aprovado em junho que tornou ilegal insultar o hino nacional chinês.

(AP)

Categorias:Mundo

Marcado como:,