Presidente do Panamá se isola após testes de colegas de trabalho positivos para COVID-19

O presidente do Panamá, Laurentino Cortizo, começou a se auto-isolar depois que um colega de trabalho próximo testou positivo para o coronavírus, disse a presidência nesta segunda-feira, sem revelar o nome ou a posição da pessoa que estava infectada.

Cortizo fez dois exames de coronavírus, ambos negativos, mas continuará isolando “até que ele repita os testes em poucos dias”, disse a presidência no Twitter.