Luvas biônicas ajudam a manter música tocando para pianista brasileiro

O aclamado pianista brasileiro João Carlos Martins não tocava com os 10 dedos desde que perdeu o movimento da mão direita em um assalto na Bulgária em 1995.

Mas hoje ele voltou a tocar suas sonatas favoritas de Bach graças às “luvas biônicas” inventadas pelo designer industrial Ubiratan Bizarro.

“Quando ele me mostrou as luvas, eu brinquei que eram para o boxe, não para tocar piano”, disse Martins, 80 anos, sobre as luvas de neoprene pretas feitas por impressora 3D.

As luvas têm hastes que fazem os dedos voltarem depois de pressionar as teclas e permite que o pianista continue tocando.

Martins se apresentou com orquestras líderes nos Estados Unidos e na Europa e gravou os trabalhos completos de Bach no piano, mas as lesões encerraram sua carreira. Por muitos anos ele tocou com uma mão e um polegar, mas perdeu o uso da mão esquerda devido à distonia focal, uma condição neurológica que afeta os músculos.

“Poder usar todos os dez dedos novamente mais de 20 anos depois é um milagre para mim aos 80 anos”, disse ele.

Bizarro diz que teve a ideia da tecnologia de automobilismo de Fórmula 1. Ele gastou menos de US$ 100 para fazer o primeiro par para Martins e agora exporta-os para a Europa sob a marca Bionic Extender Gloves.

(Reuters)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.