Brasil apoia proposta de ‘Rede Limpa’ dos EUA para tecnologia 5G

O governo brasileiro apoiou nesta terça-feira a proposta da Rede Limpa dos Estados Unidos de construir uma aliança digital global que exclui a tecnologia que Washington vê como manipulada pelo governo comunista da China.

A adesão ocorreu durante uma visita de Keith Krach, subsecretário de Estado para crescimento econômico, energia e meio ambiente, que aconselhou o Brasil a não comprar equipamentos de rede de telecomunicações de quinta geração (5G) da chinesa Huawei Technologies, que ele chamou de “a espinha dorsal da vigilância global da China”.

A Huawei negou repetidamente ser um risco à segurança. Disse que cumpre as leis brasileiras e está à disposição para testes e esclarecimentos que as autoridades consideraram necessários.

Em Washington, o secretário de Estado dos EUA, Mike Pompeo, disse na terça-feira que quase 50 países, 170 empresas telefônicas e muitas das principais empresas do mundo assinaram.

O governo dos EUA ofereceu financiamento para empresas de telecomunicação brasileiras comprar de provedores ocidentais como Nokia e Ericsson em vez da Huawei.

As quatro maiores telecons do Brasil já estão testando equipamentos da Huawei antes do leilão do próximo ano de concessões de espectro 5G e disseram estar relutantes em reduzir as opções.

As quatro não compareceram a um convite da embaixada dos EUA para se encontrar em Krach na sexta-feira em São Paulo, disseram fontes do setor à Reuters, porque o convite “não era compatível com as escolhas do mercado livre”.

(Reuters)

Categorias:Brasil, Tecnologia

Marcado como:, , ,

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.