Airbnb acusa Google de favorecer seus próprios sites de viagens nos resultados de busca

A empresa disse que o Google tem favorecido seus próprios produtos em relação aos da empresa, resultando em menos visitantes online em seu site. Desde o ano passado, a empresa Alphabet adicionou mais recursos nos seu sistema de pesquisa, entre eles resultados de busca referente a viagens e aluguel de férias viagens.

“Acreditamos que nossos resultados de SEO foram afetados negativamente pelo lançamento do Google Travel e do Google Vacation Rental Ads, que reduzem o destaque de nossa plataforma em resultados de pesquisa orgânica para termos relacionados a viagens na busca do Google”, afirma o prospecto.

SEO, ou otimização do mecanismo de busca, é a prática de adaptar conteúdo para aparecer com mais destaque nos resultados de pesquisa sem pagar pela colocação.

“Focamos em canais não pagos, como o SEO”, afirma o prospecto. “O SEO envolve o desenvolvimento de nossa plataforma de uma maneira que permita que um mecanismo de busca classifique nossa plataforma com destaque para consultas de pesquisa para as quais o conteúdo da nossa plataforma pode ser relevante. Mudanças nos algoritmos do mecanismo de busca ou ações semelhantes não estão sob nosso controle, e podem afetar negativamente nossos rankings de busca e tráfego para nossa plataforma.”

A empresa adverte que problemas contínuos com rankings de pesquisa podem forçá-la a gastar mais em marketing.

“Na medida em que nossa marca e plataforma são listadas com menos destaque ou não aparecem nos resultados de pesquisa, precisaríamos aumentar nossos gastos de marketing pagos, o que aumentaria nossos custos globais de captação de clientes e afetaria nossos negócios, resultados de operações e condições financeiras.”

O Departamento de Justiça entrou com processo antitruste contra a Alphabet no mês passado, alegando que a empresa manteve ilegalmente um monopólio na busca, eliminando rivais dos principais canais de distribuição. A Alphabet refutou o argumento, dizendo que tem muitos concorrentes e que seus serviços ajudam os consumidores.

Airbnb e Alphabet têm uma membro do conselho mútuo, Ann Mather.

As declarações do Airbnb seguem outros executivos de viagens que criticaram o efeito do Google na indústria de viagens. O CEO do TripAdvisor, Stephen Kaufer, um crítico de longa data do Google, disse à CNBC no mês passado que ele saúda o processo antitruste contra a unidade de pesquisa Alphabet, dizendo que a empresa usa “seu domínio na internet às custas de outras empresas”.

O CEO da Expedia, Peter Kern, também disse recentemente: “Não temos nenhum machado para usar contra o Google, exceto que não achamos que o mercado seja equitativo”

O Google não retornou imediatamente um pedido de comentário.

(CNBC)

Categorias:Mundo, Tecnologia

Marcado como:,