Depois de EUA e Itália, China agora culpa a Índia pelo coronavírus

Depois de acusar os Estados Unidos e a Itália, a China agora atribui à Índia a origem do novo coronavírus.

Pesquisadores chineses afirmam que o vírus, identificado pela primeira vez em Wuhan, na China e responsável por provocar uma pandemia mundial, foi identificado pela primeira vez no sul da Ásia.

Uma equipe de pesquisadores da Academia Chinesa de Ciências analisou o genoma do coronavírus para encontrar a cepa com a menor quantidade de mutações e rastrear de onde ela pode ter se originado. A pesquisa sugeriu que a “cepa menos mutável” originou-se na Índia ou em um país vizinho.

A China tem sido uma fonte de desinformação sobre o coronavírus. Pequim havia anteriormente acusado sem provas os Estados Unidos e a Itália pelo vírus.

A nova pesquisa contradiz relatos de que o vírus se originou em Wuhan e se espalhou para o resto do mundo enquanto o governo chinês suprimia detalhes importantes sobre o surto.

A pesquisa foi criticada por especialistas. David Robertson, professor do Centro de Pesquisa de Vírus da Universidade de Glascow, disse que a abordagem do autor de identificar as sequências de vírus ‘menos mutáveis’ é tendenciosa.

“Os autores também ignoraram os extensos dados epidemiológicos disponíveis que mostram um claro surgimento na China e que o vírus se espalhou de lá.”

(EpochTimes)

Categorias:Mundo

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.