Surto de infecções leva a toque de recolher em São Francisco

Uma onda de casos de coronavírus colocará São Francisco sob toque de recolher a partir de segunda-feira e desencadeará outras restrições relacionadas ao vírus.

O toque de recolher exige que empresas não essenciais fechem e proíbe que membros de diferentes famílias se reúnam entre 22h e 5h até 21 de dezembro, disse o prefeito London Breed no sábado.

O condado de San Mateo, fora de São Francisco, também estará sujeito às mesmas regras depois que o estado da Califórnia classificou ambos em nível mais restrito com base na disseminação do vírus.

Além do toque de recolher, certas empresas serão obrigadas a fechar ou reduzir a capacidade a partir do meio-dia de domingo, disse Breed.

“Não sei como ser mais claro — este é o momento mais perigoso que enfrentamos durante essa pandemia”, disse Breed no Twitter.

“Não viaje ou se reúna com os outros. Temos que controlar isso agora e não podemos deixar as coisas continuarem nesse ritmo.”

Na sexta-feira, foi anunciada uma proibição temporária de reuniões de pessoas de diferentes famílias, exceto para serviços religiosos e protestos, em Los Angeles.

Essa ordem que afeta a segunda maior cidade dos Estados Unidos entrará em vigor na segunda-feira e durará pelo menos três semanas, até 20 de dezembro, informou o departamento de saúde pública do condado de Los Angeles.

A Califórnia impôs toque de recolher noturno em grande parte do estado há uma semana, mas São Francisco não foi afetada porque não foi na época classificada entre as localidades mais restritivas do estado.

Os Estados Unidos superaram na sexta-feira 13 milhões de casos de Covid-19 — o mais alto do mundo — e o presidente eleito Joe Biden alertou para semanas difíceis pela frente antes que as vacinas se tornem amplamente disponíveis.

(AFP)

Categorias:Mundo

Marcado como:, , ,