Covid-19: Argentina fecha as fronteiras terrestres até 31 de janeiro

A medida afeta brasileiros residentes na Argentina que saírem do país por terra e argentinos que viajarem de férias ao Brasil de carro ou ônibus, com retorno previsto antes de 31 de janeiro. Os turistas brasileiros continuarão sem poder entrar na Argentina, seja por via terrestre ou aérea. A decisão faz parte de um novo pacote de restrições que inclui recomendação de toque de recolher.

 o turista brasileiro que tinha passagem aérea comprada para Buenos Aires com embarque em janeiro terá de cancelar a viagem, já que nenhum turista poderá entrar na Argentina até, pelo menos, 31 de janeiro. Mesmo os argentinos que retornarem via aérea deverão apresentar teste de PCR negativo e ficar em quarentena obrigatória por sete dias.

Toque de recolher

O pacote de novas regras para as fronteiras chegou depois do decreto que também recomenda novas restrições para os argentinos, internamente. O presidente Alberto Fernández transferiu aos governadores a responsabilidade de aplicarem toques de recolher, medida resistida por estar associada aos tempos sombrios da ditadura.

Custo político em jogo

 Pela primeira vez desde o começo da pandemia, três importantes governadores (Distrito Federal, Córdoba e Mendoza) avisaram que não acatariam proibições do governo.

“O anúncio revela a falta de poder político do governo para controlar e implementar medidas de restrição. O presidente não quer pagar o custo político da medida negativa e transfere aos governadores essa responsabilidade”, avalia o médico neurologista e analista político, Nelson Castro. (RFI)

Categorias:Américas

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.