Caravana de migrantes ultrapassa fronteira da Guatemala e continua viagem para os Estados Unidos

Pelo menos 4.500 migrantes que viajavam a pé de Honduras para os Estados Unidos conseguiram superar seu primeiro obstáculo, a fronteira com a Guatemala, depois de romper um cerco policial gritando “queremos passar” e manter vivo o sonho de uma vida melhor sob o próximo presidente Joe Biden.

A multidão conseguiu entrar pela passagem de fronteira de El Florido, 220 quilômetros a leste da Cidade da Guatemala, segundo informações da AFP. 

A decisão de não confrontar os migrantes, segundo um policial, foi tomada após constatar que havia muitas famílias com menores no grupo. Usar gás lacrimogêneo com crianças no escuro pode ter sido fatal, disse ele. Os policiais não portavam armas de fogo.

Migrantes dizem que estão fugindo de Honduras duramente atingida pela passagem de dois furacões em novembro e pela falta de emprego causada pela pandemia, que se somam aos males endêmicos de um país crivado pela violência associada à gangues e tráfico de drogas.

Na longa marcha, a maioria carrega mochilas, máscaras pandêmicas e bandeiras de Honduras. 

“Vamos com o coração partido. No meu caso, deixo minha família. Meu marido e meus três filhos ficam”, disse Jessenia Ramírez, 36 anos. “Procuramos um futuro melhor, um trabalho para poder enviar alguns centavos” a Honduras, acrescentou.

Muitos participantes desta caravana estão convencidos de que o presidente eleito dos Estados Unidos, Joe Biden, que toma posse no dia 20 de janeiro, será mais flexível do que seu antecessor, Donald Trump, com as regras de imigração. (Com informações da NTN24)

Categorias:Américas

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.