Tribo perdida na Índia se prepara para a Páscoa

A comunidade Bnei Menashe no remoto estado de Manipur, no nordeste da Índia, começou a se preparar para a Páscoa no início desta semana, inclusive assando matzá no Shavei Israel Hebrew Centre em Churachandpur.

Os Bnei Menashe, ou filhos de Manassés, afirmam que descendem de uma das Dez Tribos Perdidas de Israel foram enviados ao exílio pelo Império Assírio há mais de 27 séculos. Seus ancestrais vagaram pela Ásia Central e Extremo Oriente por séculos, antes de se estabelecerem no que hoje é o nordeste da Índia, ao longo das fronteiras da Birmânia e Bangladesh.

Ao longo de sua estada no exílio, eles continuaram a praticar o judaísmo da mesma forma que seus ancestrais, incluindo a observância do sábado, a prática do kosher, a celebração dos festivais e o cumprimento das leis de pureza familiar.

“A Páscoa simboliza a libertação do povo judeu e é um festival que ressoa profundamente para o Bnei Menashe”, disse o fundador e presidente da Shavei Israel, Michael Freund.

“Nas regiões remotas do nordeste da Índia, milhares de Bnei Menashe se sentarão na véspera da Páscoa para conduzir o seder tradicional, que incorpora a esperança que eles têm nutrido por gerações: fazer aliá e retornar à terra de seus ancestrais, a Terra de Israel. “

Israel ajudou mais de 4.000 Bnei Menashe a fazer aliá nas últimas duas décadas.

Freund disse “esperamos que após 27 séculos de exílio, os 6.500 Bnei Menashe restantes ainda na Índia possam celebrar a Páscoa no ano que vem em sua terra natal judaica”. (Israel Hayom)

Categorias:Mundo

Marcado como:,

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.