Coreia do Norte ameaça reagir diante de reunião do Conselho de Segurança da ONU

A Coreia do Norte diz que qualquer tentativa de violar o seu direito de autodefesa motivará uma medida de reação da sua parte.

O diretor-geral do departamento de organismos internacionais do Ministério das Relações Exteriores da Coreia do Norte, Jo Chol Su, divulgou declaração através da Agência Central Coreana de Notícias, órgão estatal.

É aguardada para terça-feira reunião a portas fechadas do Conselho de Segurança das Nações Unidas, seguindo-se ao lançamento de dois mísseis balísticos pela Coreia do Norte na quinta-feira.

Jo disse que uma grande quantidade de países dispara todo tipo de projétil com o fim de fortalecer o seu poderio militar. Não faz sentido, argumentou, que somente a “medida justificada de autodefesa da Coreia do Norte seja escolhida para denúncia”.

Além disso afirmou que, “se continuar a se apegar ao seu duplo padrão, o Conselho de Segurança da ONU só causará agravamento, não melhora, da situação e confronto, não diálogo”, na península coreana.

A China e a Rússia, que mantêm laços de amizade com a Coreia do Norte, defendem um abrandamento das sanções impostas ao país, em uma perspectiva de longo prazo. Trata-se de uma posição sobre a questão que contrasta fortemente com a atitude adotada pelos Estados Unidos. (NHK)

Categorias:Mundo

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.