Peru suspendeu o sufrágio de seus cidadãos na Venezuela

Diante de uma nova eleição geral, o governo do Peru suspendeu o voto de seus cidadãos na Venezuela na terça-feira, devido à ausência de resposta do Itamaraty do regime de Maduro.

“O Estado peruano só pode celebrar um dia eleitoral em território estrangeiro se tiver a autorização prévia e expressa do Estado recebedor” , afirma a nota de reclamação.

As eleições estão marcadas para este domingo, 11 de abril.

Segundo o Peru, o Itamaraty estabeleceu exigências que considera impossíveis de cumprir.

Entre eles, destaca-se o pedido de garantia do processo de votação e a transferência de 19.711 eleitores para os centros de votação.

“Premiando cada um deles com uma carta consular com os dados dos veículos, listas de passageiros e rotas”.

Da mesma forma, destacam que enviaram dez notas ao Itamaraty de Maduro entre outubro de 2020 e fevereiro de 2021 para gerir as garantias físicas e sanitárias necessárias ao processo eleitoral. (NTN24)

Categorias:Américas, Política

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.