Cientistas comprovam que raios gamas de alta energia se originaram dentro da Via Láctea

Pesquisadores do Japão e da China afirmam que os raios gama de alta energia que observaram — os mais fortes já registrados — sugerem que tal energia é proveniente de um objeto celestial não identificado localizado na nossa galáxia, a Via Láctea.

Prótons de energia extremamente alta haviam sido detectados no espaço, mas a fonte de tal energia é desconhecida e permanece um mistério por 60 anos. Essas fontes desconhecidas foram nomeadas genericamente de “PeVatrons”.

Um grupo de cientistas montou equipamentos em um platô na China para observar raios gamas que são liberados quando prótons de energia extremamente alta colidem com a matéria.

Os pesquisadores afirmam terem detectado 23 eventos que se assemelhavam aos raios gamas durante dois anos do experimento, até 2017. Dizem que o raio gama mais poderoso que observaram tinha 1 quatrilhão de vezes a energia da luz.

De acordo com os pesquisadores, a distribuição dos raios gamas se estende em torno do plano galáctico, conforme previsto em uma simulação. Concluíram, portanto, que os PeVatrons existem em nossa galáxia.

O professor Takita Masato, do Instituto de Pesquisa sobre Raios Cósmicos da Universidade de Tóquio afirma que acredita-se que os PeVatrons sejam resíduos de supernovas ou buracos negros extremamente grandes. Ele disse que compreender o que são os PeVatrons será o próximo desafio. *NHK

Categorias:Mundo

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.