Líder militar de Mianmar indica intenção de participar de cúpula da Associação de Nações do Sudeste Asiático

O líder militar de Mianmar, general sênior Min Aung Hlaing, estaria indicando sua intenção de participar de uma reunião de cúpula da Associação de Nações do Sudeste Asiático, ASEAN.

O chanceler da Tailândia fez esta revelação no sábado.

Membros da ASEAN estão efetuando preparativos para realizar no sábado a cúpula da associação em Jacarta, capital da Indonésia, para discutir respostas para a situação em Mianmar.

Um grupo de defesa dos direitos humanos em Mianmar declarou que forças de segurança abriram fogo contra manifestantes contrários ao golpe no sábado em Mandalay, a segunda maior cidade do país, e seus arredores, provocando a morte de duas pessoas.

O grupo declarou que 730 pessoas foram mortas desde que ocorreu o golpe militar em primeiro de fevereiro.

Depois da revelação de que o líder militar estava disposto a participar da cúpula da ASEAN, a população de Mianmar protestando contra o golpe manifestou sua oposição via redes sociais. Alguns afirmam que o general sênior não é um representante do país, enquanto outros questionam se a ASEAN estaria aprovando um regime militar.

Em março, chanceleres de países da ASEAN realizaram uma reunião informal para discutir a situação em Mianmar. Contudo, a declaração da presidência apenas comunicou que os ministros manifestaram que a “ASEAN estava pronta para auxiliar Mianmar de modo positivo, pacífico e construtivo”. *NHK

Categorias:Mundo

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.