Rússia prende diplomata ucraniano acusado de espionagem e aumenta tensão com Kiev

“Um diplomata ucraniano, o cônsul do Consulado Geral da Ucrânia em São Petersburgo, Alexander Sosonyuk, foi detido pelo FSB da Rússia”, afirmou o serviço de segurança em um comunicado.

O diplomata, que representava Kiev na cidade há dez anos, foi preso na manhã deste sábado (17) poucas horas após outro funcionário do mesmo consulado ter sido detido para interrogatório.

O serviço de Inteligência interno russo acrescentou que Sosonyuk foi descoberto “com a mão na massa” durante um encontro com um cidadão russo, quando buscava receber informação “confidencial”.

Segundo o FSB, órgão sucessor da KGB, “tal atividade não é compatível com seu status diplomático e é de uma clara natureza hostil para com a Federação Russa. Em conformidade com o direito internacional, serão tomadas medidas contra o diplomata estrangeiro”, completou.

Em um comunicado, o ministério russo das Relações Exteriores anunciou ainda que convocou o encarregado de negócios ucraniano na Rússia, Vasili Pokotilo, para protestar contra as “atividades ilegais” de Sosonyuk. Moscou deixou claro que a presença do diplomata em território russo “não era mais bem-vinda” e recomendou que ele “abandone suas fronteiras em 72 horas”. *Informações RFI

Categorias:Mundo

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.