França na iminência de uma guerra civil?

O governo da França condenou uma carta aberta assinada por militares da ativa afirmando que o país está a caminho de uma “guerra civil” por causa do extremismo religioso.

O documento alerta o presidente francês, Emmanuel Macron, seu governo e parlamentares de “diversos perigos mortais” ameaçando a França, incluindo “o islamismo e as hordas dos banlieues”, nome dado aos subúrbios de cidades francesas onde vivem muitos imigrantes pobres.

Cerca de 1.000 membros das Forças Armadas, incluindo 20 generais da reserva, assinaram o documento, que culpa “apoiadores fanáticos” por criarem divisões entre comunidades e afirma que islamitas estão tomando conta de regiões inteiras no território francês.

A carta aberta foi publicada uma revista de direita em 21 de abril, data dos 60 anos de um golpe de Estado fracassado no país. “O momento é grave, e a França está em perigo.”

O documento foi duramente criticado por ministros franceses, que apontaram desrespeito à lei e falta de representatividade (as Forças Armadas do país têm mais de 300 mil membros, e milhares de oficiais na reserva).

A ministra responsável pelas Forças Armadas, Florence Parly, afirmou no Twitter: “Dois princípios imutáveis guiam as ações de militares em relação à política: neutralidade e lealdade.”

Ela disse também que qualquer signatário da carta que esteja ainda na ativa seria punido por desafiar a lei que determina que militares se mantenham politicamente neutros. *Informações BBCNews

Categorias:Europa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.