UE não busca “escalada” de tensão com a China, diz embaixador europeu

A União Europeia (UE) não quer uma “escalada” de tensão com a China, após sanções recíprocas sobre a questão da minoria muçulmana uigur, disse o embaixador do bloco na China nesta sexta-feira(7).

 Mulheres da etnia uigur se manifestam perto do consulado chinês em Istambul © Ozan KOSE Mulheres da etnia uigur se manifestam perto do consulado chinês em Istambul

Em março, Bruxelas sancionou autoridades chinesas acusadas de reprimir essa minoria na região de Xinjiang (noroeste). 

Pequim respondeu impondo sanções a personalidades europeias, incluindo vários deputados e professores. 

Essa tensão ameaça a ratificação de um acordo de investimentos entre a UE e a China fechado no final de 2020. 

Mas o embaixador Nicolas Chapuis quis ser otimista. “Não estamos procurando uma escalada, mas nada impedirá a UE de dizer o que quer, em qualquer parte do mundo”, disse ele em entrevista coletiva. 

Apesar das tensões, os contatos de alto nível continuam entre a China e os países do bloco e Pequim “parece querer continuar o diálogo”, disse o embaixador. 

Chapuis reconheceu que as sanções chinesas aos parlamentares europeus não vão ajudar na ratificação do acordo, mas garantiu que o processo está avançando com o Ministério do Comércio chinês na redação do texto final do tratado. 

O documento pode ser apresentado ao Parlamento Europeu no final do ano ou no início de 2022.

*AFP

Categorias:Economia, Mundo

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.