Na ONU, China cobra posição dos EUA sobre ataques de Israel contra Gaza

O ministro das Relações Exteriores da China, Wang Yi, que preside o Conselho de Segurança da ONU, condenou neste domingo (16/05) os ataques de Israel contra a Faixa de Gaza e cobrou uma posição dos EUA sobre as hostilidades.

As declarações foram realizadas durante reunião de emergência do Conselho de Segurança das Nações Unidas para tratar dos bombardeios israelenses contra os palestinos, que entraram no domingo no 7º dia consecutivo e já causaram a morte de quase 200 pessoas.

“A China intensificará os esforços para promover negociações de paz e cumprir seriamente nosso dever como presidente do Conselho”, disse o chanceler chinês, reiterando uma oferta de receber os lados na China para dialogar.

Wang Yi acrescentou que os Estados Unidos devem assumir uma posição justa em relação aos ataques na região, uma vez que não houve uma declaração conjunta do Conselho de Segurança da ONU devido a uma objeção de Washington. *Opera Mundi

Categorias:Mundo

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.