Médico brasileiro é preso no Egito após gravar vídeo com comentários sexuais a vendedora

O Ministério do Interior egípcio anunciou na noite de domingo (30) que localizou e prendeu o médico e influenciador gaúcho Victor Sorrentino, após ele compartilhar vídeos em que faz comentários misóginos contra uma vendedora em uma cidade de Luxor, no sul do país.

Há quatro dias, o profissional, que atende em consultório em Porto Alegre e atua também como palestrante internacional fez comentários em português a uma mulher em um bazar local. “Vocês gostam mesmo é do bem duro, né? Comprido também fica legal, né?”, disse na gravação compartilhada no seu Instagram e depois apagada. Sem entender, a funcionária ri e acena com a cabeça.

“O Ministério do Interior conseguiu prender um estrangeiro após assédio a uma menina, depois de publicar um videoclipe contendo o incidente de assédio em um dos sites de redes sociais da Internet, onde os serviços de segurança conseguiram identificar a vítima e o autor do incidente, e tomar as medidas judiciais contra ela e apresentar ao Ministério Público competente”, afirmou o órgão uma publicação nas redes sociais. *Jornal Correio do Povo

Categorias:Brasil

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.