Se Brasil tivesse seguido orientação da OMS, não haveria vacinação com Coronac

Uma polêmica gira em torno de seguir ao pé da letra as orientações da Organização Mundial da Saúde (OMS), pois a vacina chinesa Coronavac só foi autorizada pela entidade na quarta-feira (2).

No entanto, opositores do governo não se atentam que o governo Bolsonaro autorizou a compra da vacina desde janeiro, mesmo antes da autorização da organização mundial de saúde.

O próprio General Pazzuelo foi claro que o país é soberano e que não é vinculado a organização ligada à ONU, se o Brasil fizesse o que seus opositores sugeriam, milhares de Brasileiros ainda estariam esperando para serem vacinados. *Site Terra Brasil

Categorias:Brasil

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.